Press "Enter" to skip to content

Visual Studio Experimental Instance

Além dos projetos tradicionais (windows, web, etc…) após a instalação do SDK do Visual Studio é possível criar projetos para construir extensões para o Visual Studio, se já instalou algo pelo menu “Tools/Extensions and Updates” sabe do que estou falando, são os famosos .vsix.

Muito bem com as extensões você pode automatizar ou flexibilizar certas operações que seu desenvolvedor pode fazer. Aqui na Benner temos oficialmente 3 extensões. Essas extensões facilitam de geração automática de código até um runner customizado de NUnit.

Enfim o artigo não é sobre a criação de extensões mas uma dica para facilitar a depuração das extensões.

Você desenvolve suas extensões no Visual Studio, e precisa delas instaladas para conseguir fazer um attach de um visual studio no outro. Para facilitar isso você pode utilizar o Visual Studio Experimental Instance.

Fazer isso é fácil, basta nas propriedades do projeto, na aba Debug definir que a compilação deve abrir um programa externo. Esse programa externo será o próprio visual studio ou desenv.exe. E nos argumentos da linha de comando você deve informar “/RootSufix Exp”.

Assim toda vez que você compilar sua extensão automaticamente um novo Visual Studio será aberto, terá sua extensão adicionada e já será feito um attach no Visual Studio que está utilizando para desenvolver :).

experimental-instance

Por hoje é isso, abraços :).

  • Zoio Silva

    Massa. Bom saber. Valeu!